Paranaenses têm até o próximo dia 30 para se vacinar contra a gripe no

15/06/2020

Vacinação contra influenza (gripe) será realizada em área externa ...

Os paranaenses que pertencem ao público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe têm agora até o próximo dia 30 para procurar as unidades de Saúde em todo Estado e se imunizar. A medida pretende garantir a taxa de cobertura vacinal, especialmente para os grupos prioritários de crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas – mulheres até 45 dias após o parto – e adultos de 55 a 59 anos.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, a expectativa da Secretaria da Saúde é alcançar a meta de 90% de cobertura vacinal de todos os grupos prioritários preconizados pelo Ministério da Saúde. 

O público estabelecido para a campanha nas suas três fases e que ainda podem receber a vacina, abrange pessoas com idade igual e acima de 60 anos, trabalhadores da saúde, profissionais das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos, sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, motorista e cobrador de transporte coletivo, portuários, povos indígenas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, pessoas com deficiência, gestantes, puérperas até 45 dias, adultos de 55 a 59 anos de idade e professores das escolas públicas e privadas.

Fonte: Costa Oeste News.

Um em cada quatro brasileiros não possui acesso à internet

28/05/2020

Quase 24 milhões de brasileiros não usam a internet por falta de ...

Nos últimos dois meses, quando as medidas de afastamento social nos fizeram ficar mais tempo em casa, a internet se tornou uma ferramenta ainda mais presente. Seja para buscar informações, estudar, manter contato com familiares ou fazer compras de alimentos e remédios. Mas 47 milhões de brasileiros não têm essa opção, por falta de acesso à internet. É mais gente desconectada do que toda a população do nosso maior vizinho, a Argentina.


Foi o que mostrou a pesquisa TIC Domicílios 2019, feita de outubro do ano passado a março deste ano e divulgada nessa terça-feira pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil. O coordenador da pesquisa, Fábio Storino, explica que o levantamento mostra um retrato do país no começo da quarentena e evidenciou as diferenças sociais.


A pesquisa TIC Domicílios entrevistou mais de 20 mil pessoas em todo o país. É um levantamento anual, feito há 15 anos. Pela primeira vez, mais da metade dos moradores das áreas rurais tem acesso à internet. Também foi a primeira pesquisa a mostrar que mais da metade da população das classes C, D e E têm acesso à rede.


Como os telefones celulares costumam ser mais baratos que tablets e computadores, estão cada vez mais populares. Dos 134 milhões de usuários de internet no país, 99% acessam a rede por meio de um smartphone.


Fábio Storino destaca que, em alguns grupos sociais, o acesso é feito somente pelo celular.


Apesar do crescimento no uso do celular, os pesquisadores verificaram que, nas casas onde não existe computador, as pessoas costumam ter muito mais dificuldade para trabalhar e, principalmente, para estudar. Isso porque a velocidade da conexão normalmente é muito menor e a tela do aparelho - pequena - prejudica a compreensão do que aparece escrito durante as aulas.


Mas o acesso pelo celular veio para ficar. Fábio Storino comenta que normalmente o acesso à internet é feito em casa mesmo, mas cada vez mais as pessoas fazem isso durante seus deslocamentos.


Completam a lista de lugares onde as pessoas costumam acessar a internet, o local de trabalho, na quarta posição, e os locais públicos de acesso gratuito, como telecentros e bibliotecas, em quinto lugar.

Fonte: Agência Nacional

Neste Dia Mundial de Combate à Mortalidade Materna especialista fala d

28/05/2020

Martin Behrend - Município tem índice zero em mortalidade materna ...

A Mortalidade Materna é aquela que ocorre durante a gestação, parto ou até 42 dias após o nascimento do bebê e pode ser causada por qualquer situação relacionada com a gravidez ou que tenha sido agravada no período de gestação.

E é por isso que as mulheres grávidas precisam de um bom acompanhamento médico, o pré-natal: onde são avaliados o bem estar dela e do bebê. A alimentação, o controle de peso e a pressão arterial são algumas das questões analisadas.

Essas idas e vindas ao médico podem ainda alertar sobre possíveis complicações durante a gestação, parto ou pós-parto. O ginecologista e obstetra do Hospital da Mulher Anchieta, dr. José Moura, explica as possíveis complicações e como elas podem ser evitadas e tratadas.

Neste 28 de maio, Dia Mundial de Combate à Mortalidade Materna, especialistas lembram que o parto deve ser realizado por uma equipe capacitada e num ambiente seguro, tanto para a mãe quanto para o bebê, de forma que os dois possam ter todo um suporte necessário em casos de anormalidades.

De acordo com estimativa divulgada em 2018 pela OPAS, Organização Pan-Americana da Saúde, pelo menos 830 mulheres morrem, por dia, no mundo, devido a complicações na gravidez ou no parto. O estudo aponta ainda que, em situações de crise humanitária, a vulnerabilidade dessas mulheres é ainda maior.

Fonte: Agência Nacional.

COVID-19: Secretaria de Saúde emite nota de esclarecimento sobre casos

28/05/2020

Nova Santa Rosa – Wikipédia, a enciclopédia livre

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Nova Santa Rosa, emitiu nesta quarta-feira (27) uma nota de esclarecimento sobre os dois casos suspeitos de coronavírus (Covid-19) no município. O caso notificado na terça-feira (26) se encontra isolado e aguardando resultado do exame com todos os cuidados e recomendações necessárias. O caso notificado na quarta-feira (27), que foi a óbito na data corrente, mesmo o paciente apresentando quadro clínico de distúrbios hepáticos, foi realizado o exame do Covid-19. Os dois casos estão sendo tratados pela Secretaria de Saúde do município seguindo as orientações da NOTA TÉCNICA da Secretaria da Saúde do Estado do Paraná SESA 01/2020 de 22 de maio de 2020.
A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Nova Santa Rosa lembra que neste momento é muito importante a colaboração da população em manter o distanciamento social, higienizar as mãos, ficar em casa (se puder), evitar aglomerações, usar máscara e tomar todos os cuidados necessários a fim de evitar a disseminação do vírus.

E lembre-se: A luta é de todos nós!

Confira na sequência o que diz a nota técnica da Sesa 01/2020

Assunto: Disponibilização de Testes de Biologia Molecular RT-PCR para a detecção do RNA do coronavírus (SARS-CoV-2) e recomendações para a sua realização em grupos prioritários
CRITÉRIOS PARA APLICAÇÃO DOS TESTES RT-PCR: A coleta de amostras está, diretamente, relacionada à disponibilidade de insumos laboratoriais e de equipamentos para pesquisa de SARS-CoV-2, bem como ao cenário epidemiológico da doença. Do total da população paranaense, identificou-se grupos prioritários em função de sua atividade profissional e possibilidade de aquisição e transmissão da doença, do risco em função da condição clínica e fisiológica, e por critérios epidemiológicos situacionais ou regionais da COVID-19.
Recomenda-se a realização do teste RT-PCR em pessoas sintomáticas, e prioritariamente que se enquadrem em um dos seguintes grupos:
a) Pacientes hospitalizados com Síndrome Respiratória Aguda Grave
b) Subconjunto de amostras da Vigilância da Síndrome Gripal para COVID-19, respeitando o quantitativo pactuado de 5 amostras/semana (Rede Sentinela).
c) Profissionais de saúde com diagnóstico de Síndrome Gripal.
d) Profissionais de segurança pública com diagnóstico de Síndrome Gripal.
e) Indivíduos com diagnóstico de Síndrome Gripal que residam no mesmo domicílio de um profissional de saúde ou de segurança pública.
f) Óbitos suspeitos de COVID-19 sem a coleta de amostra, com resultado negativo para RT-PCR ou teste rápido, ou com amostra de RT-PCR em andamento.
g) Potenciais doadores de órgãos internados em UTI em protocolo de morte encefálica com perfil para doação de órgãos.
h) Idosos residentes em instituições de longa permanência com diagnóstico de Síndrome Gripal.
i) Trabalhadores de instituições de longa permanência para idosos com Síndrome Gripal.
j) Indivíduos com diagnóstico de Síndrome Gripal que residam no mesmo domicílio de trabalhador de instituições de longa permanência para idosos.
k) Pacientes com 65 anos, ou mais, com diagnóstico de Síndrome Gripal.
l) Pacientes que apresentam comorbidades com Síndrome Gripal.
m) Trabalhadores de instituições de saúde com diagnóstico de Síndrome Gripal.
n) Indivíduos com diagnóstico de Síndrome Gripal e residentes em comunidades (ex. bairro, empresa, indústria) com alto número de internações por COVID-19.
o) Primeiros casos de indivíduos sintomáticos de Síndrome Gripal e que frequentam ambientes fechados de uso comunitário (ex. escolas, prisões, hospitais).
p) Trabalhadores de serviços comerciais essenciais (ex. farmácia, supermercado, panificadora, posto de gasolina) com diagnóstico de Síndrome Gripal.
q) Cidadãos usuários do SUS que procurarem espontaneamente o serviço de saúde, apresentando sintomatologia para síndrome gripal, poderão, a critério clínico, ser submetidos ao exame de RT-PCR para SARS-CoV-2.

Fonte: Assessoria de comunicação da prefeitura de Nova Santa Rosa.

Apenas 47% dos paranaenses entregaram a declaração do Imposto de Renda

27/05/2020

Apenas 47% dos paranaenses entregaram a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física neste ano. O prazo foi aumentado pela Receita Federal devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), passando de 30 abril para 30 de junho.

Receita Federal e também pelo aplicativo do órgão, disponível para as plataformas Android e iOS.

Fonte: Paraná Portal

Aplicativos


 Locutor no Ar

AutoDJ

Piloto Automático

Peça Sua Música

Name:
E-mail:
Seu Pedido:


Anunciantes